quarta-feira, 13 de junho de 2012

Cantina Sangiovese: o espaço "vinho e arte" mais premiado de Floripa


Cantina Sangiovese - Santo Antônio de Lisboa - foto retirada de:
https://www.facebook.com/media/albums/?id=100002362842580

Ontem foi meu aniversário. Uma data que eu adoro, principalmente porque tive a sorte de encontrar alguém muito especial para dividir comigo o dia mais romântico do ano. Eu sou do tempo em que era normal nascer de... parto normal, então chegar ao mundo no Dia dos Namorados não foi nada planejado pela minha família. Foi meu instinto de artista pedindo pra nascer. É claro que se eu fosse solteira ou mal casada, na minha atual idade, essa data correria o risco de ser a minha tristeza hehehe! Mas é impressionante a força que as coisas têm quando elas vão acontecer, como diriam os fatalistas. E aqui estou, nascida no dia 12, vestida com meu Amor, cheia de sonhos e desejos que vão se realizar nos próximos 100 anos que ainda devo ter de vida! E a melhor parte de qualquer aniversário são as comemorações. Desde os parabéns das pessoas que realmente gostam da gente e querem fazer parte da nossa vida de forma saudável, até as surpresas que a gente descobre guardadas pra nós... e ontem foi assim! Não vou contar tudo, mas como o blog é sobre comida, vou falar rapidinho como foi meu cardápio do dia, antes de partir para o que realmente importa: a descrição do nosso jantar num lugar muito especial de Floripa. 
Bem, acordei com uma bandeja de torradinhas, iogurte e chocolate que a filha me preparou antes de sair correndo pra escola (um carinho que só eu sei o quanto foi enorme, visto que ela sempre sai em cima da hora), depois veio outra bandeja de café da manhã do marido (croissant, ovo mexido com trufas, suco de laranja - que ele sabe que é o meu preferido para o desjejum - e meu café americano de todas as manhãs). O almoço em família foi à beira-mar, num recanto sobre o qual eu ainda quero escrever melhor numa outra oportunidade. E o jantar - agora sim - de extremo bom gosto, foi para casais apaixonados, na Cantina Sangiovese, um espaço na histórica freguesia de Santo Antônio de Lisboa que reúne uma galeria de artes, uma excelente carta de vinhos (dividida por regiões e especificidades das garrafas) e uma cozinha que fabrica a própria massa - essa sim, uma pasta de qualidade na Ilha! O idealizador do espaço, Helton Costa, foi eleito o chef do ano pela Veja Comer & Beber Santa Catarina - 2011/2012. E não é só isso. A Cantina também levou os prêmios de Restaurante revelação e Melhor carta de vinhos, tornando-se grande destaque entre os atuais restaurantes de Floripa.
Tinha como não conferir? Lá fomos nós. Como era uma noite especial, havia um menu degustação para os casais que quisessem optar por tal serviço. Com entrada, prato principal e sobremesa, a comemoração sairia R$85,00 por pessoa (sem bebida). Pedimos o cardápio da casa e vimos que todos os pratos serviam 2 pessoas, sendo o mais caro deles em torno de R$130,00. Optamos, então, por bruschettas de parma (R$18,00 4 unid.) como entrada. Na nossa opinião, ficou claro que o chef quis agradar ao paladar do brasileiro e cometeu o pecado de fritar o pobre parma, que ficaria muito mais saboroso se fosse servido cru num pedaço de pão, com uma base de tomate. Ponto. A foto não ajudou muito, porque eu quis focar o detalhe impresso no prato, mas aí vai:


Como prato principal, pedimos o que consideramos o casamento perfeito da noite - fora o nosso, é claro =) - fettuccine de manjericão com paleta de cordeiro (R$86,00), de comer rezando - atentem para o charme da travessa onde nos serviram o fettuccine!


Entre os 180 rótulos disponíveis na casa, escolhemos um Boscarelli de Ferrari, Toscana (IGT 2008). E eu não vou poupar elogios à elegância desse vinho. Suculento, com toque de frutas como amora e cereja, uma ponta de violeta e um tanino bom no final. Harmonizou bem com a carne de cordeiro. No total, além de duas garrafas de água com gás e sem a sobremesa, que dispensamos como quase sempre, pagamos R$238,00. Justo, eu diria!
O lugar, além do toque romântico impresso pelas obras de arte espalhadas por todo o restaurante e a iluminação de vila antiga, oferece estacionamento próprio, cobra R$30,00 de taxa de rolha, tem acessibilidade, é um bom lugar para ir com crianças e aceita os principais cartões. Para mais informações, procurem a edição da Veja a que me referi anteriormente, ou acessem a página do Facebook da Cantina, aqui!
Sem dúvida, nós indicamos!

Nenhum comentário: