segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Receitinha rápida com gostinho de Nordeste

Daí que, noite dessas, antes de dormir, lembrei de um arroz muito típico da Paraíba: por lá, chamam de arroz da terra e eu não conheço por outro nome. O marido disse que já comeu um bem parecido lá pras bandas da Colômbia, mas aqui no Brasil nunca vi em outra região. É um arroz meio rosado, de estilo muito rústico e vendido em todas as feiras paraibanas. No Mangai - o melhor restaurante de comidas típicas nordestinas - ele é feito de várias formas, principalmente com leite, para acompanhar a carne de sol.
Aproveitei que a filha estava voltando da casa dos avós e encomendei um pacote do arroz da terra. No combo, minha mãe também mandou uma carne de sol "daquelas" (parecia um queijo de tão macia, e com o sal no ponto certo... nós estamos racionando o uso dela aqui em casa, porque dá até pena de acabar). 
Estava num dia criativo e aqui vai uma receitinha rápida para os que moram na terrinha e têm os ingredientes à mão (quem não tem, pode inventar e substituir o arroz da terra por arroz branco e a carne de sol por um franguinho desfiado ou mesmo um frescal de São Joaquim, fácil de encontrar em qualquer supermercado daqui). 

Arroz de forno com requeijão



Ingredientes:
1 e 1/2 xíc. (chá) de arroz da terra;
400g de carne de sol desfiada;
1 cebola roxa fatiada;
1 cebola branca picada;
1 pote de requeijão;
1/2 caixinha de creme de leite
coentro;
sal;
pimenta-de-cheiro;
azeite;
manteiga.

Cozinhe normalmente o arroz, refogando-o. Deixe al dente. Reserve.
Em uma frigideira, refogue a carne de sol com azeite e cebola branca, em seguida, utilize o processador para desfiar. Volte à frigideira com um pouco de manteiga, a pimenta-de-cheiro e a cebola roxa fatiada.

Em uma travessa refratária, coloque o arroz, misture com o requeijão e o creme de leite (este serve para tornar a consistência do requeijão um pouco mais macia e facilitar a mistura). Cubra com a carne desfiada, coloque algumas fatias cruas de cebola roxa para enfeitar e leve ao forno pré-aquecido por 15 minutos. Antes de servir, salpique coentro. Sirva com um suco da região (mangaba, graviola, cajá... hummmm)!

Prato montado, antes de ir ao forno.
Fica delícia! E o que vale é a criatividade - sempre!

A todos, bon appétit!




2 comentários:

Flávia Rubenia da Silva Barros disse...

Menina!!! Deu água na boca, esse eu vou tentar para receber os amigos, nem que seja com arroz branco mesmo.
Soube que o arroz da terra é coisa nossa mesmo, inclusive que estavam pleiteando uma proteção da origem através do registro da Indicação Geográfica. Não sei se foi conseguido.
Beijocas!

Um de nós. disse...

Que legal, a informação, Rubênia! Olha, ontem eu estava pensando que se a gente testar com uns pedacinhos de coalho picadinho, pra derreter na hora que colocar o prato no forno, tb deve ficar delicioso! Se conseguir fazer, depois me passa o feedback. Beijos!