terça-feira, 23 de agosto de 2011

Tempo de aniversários - a salada de polvo




Agosto e setembro são meses corridos aqui em casa, sempre foram. Mas esse ano, vamos combinar! A coisa tá aceleradíssima. Só que não é correria ruim não. É coisa boa! Tempo de planejar (planejar a chegada da Gabriela, ajudando a Tatá a escolher o enxoval; planejar despedida de solteiro da Amora, de quem somos orgulhosamente padrinhos nesse casório; planejar um jantar surpresa na véspera de uma certa viagem e num lugar que não vou contar... ainda). E, entre todos os planejamentos, tem ainda as 15 velinhas da filha!!!! Enquanto tudo isso não chega, sigo postando a receitinha da salada de polvo do aniversário de J., que foi um dia lindo, com direito a brinde com o nosso Carpenè Malvolti - que sempre nos remete ao perfume daquele jardim especial - e a essa torta deliciosa, presente de uma família pela qual temos um carinho todo especial, de damasco e castanha-do-Pará!
Torta de damasco e castanha-do-Pará, excelente escolha da Jô, que seguiu o conselho do Ber por algo "bem exótico" hehehe! Adoramos, obrigada!

A salada de polvo tem seus truques, porque o ingrediente principal (o polvo) é cheio de melindres no preparo. Primeiro, se você quer poupar seu polvinho de apanhar para ficar com a carne molinha, congele-o um dia antes do preparo e deixe descongelar totalmente antes de prepará-lo (atenção: lave muito bem o polvo antes de colocá-lo na panela. Tire dele toda a viscosidade e a sujeirinha que fica guardada nas ventosas) . Segundo, nunca ultrapasse 8 minutos do tempo de cozimento da iguaria. A carne irá enrijecer. Mas, se isso acontecer por algum descuido, nada estará perdido: é só deixá-lo na panela por mais 50 minutos... e a carne amolece de novo. Portanto, um olho no peixe e outro no gato se não quiser atrasar o almoço da galera, ok?

Vamos aos ingredientes da salada:
1 pimentão verde fatiado;
1 pimentão vermelho fatiado;
1 pimentão amarelo fatiado;
2 cebolas roxas cortadas em cubinhos;
300g de grão-de-bico cozido previamente e retirado a pele;
500g de polvo fatiado;
tomilho, alecrim e folhas de louro (para o cozimento do polvo);
limão;
sal e azeite.



Em uma panela funda, coloque mais ou menos uns 3 litros d'água para ferver. Aromatize-a com as ervas para o cozimento. Acrescente azeite. Quando ferver, jogue o polvo dentro da panela e deixe-o mergulhado por 8 minutos!



Retire o polvo, coloque em água fria para parar o cozimento imediatamente, fatie-o e leve à frigideira com azeite bem quente, onde você já terá dourado a cebola. deixe fritar rapidamente. Monte a salada, temperando-a a seu gosto (com suco de limão, sal e azeite). Enfeite com raminhos de salsa (a nossa foi tirada na hortinha que fizemos na sacada e está linda)!

A todos, bon appétit... e vida longa a J., meu chef preferido!

Nenhum comentário: