terça-feira, 2 de agosto de 2011

Limoncello



Levamos quase um mês para produzir essas duas garrafinhas, que serão servidas aqui em casa, nos próximos dias, aos amigos mais que especiais!
O limoncello é um licor confeccionado à base de limão siciliano - como o próprio nome sugere. Originário do sul da Itália, aqui no Brasil é também conhecido como Citroncello Positano e é largamente produzido no Sul do País, nas cidades de Xangri-lá (RS) e São José dos Pinhais (PR), sendo chamado nesta última de "limãogelo".
Especificações à parte, o mais legal é mesmo fazê-lo em casa, num processo muito simples, bem artesanal e que apenas exige de nós um pouco de paciência, pois o limoncello precisa de tempo para adquirir o sabor característico.

Você vai precisar de:
10 limões sicilianos maduros;
1 litro de álcool de cereais (geralmente, é vendido em qualquer farmácia, mas aqui em Floripa é bem difícil de achar, então já dou a dica: ligue para a Farmácia do Sesi. Se eles não tiverem disponibilidade em estoque, fazem a encomenda pra você e chega rapidinho);
600 g de açúcar refinado branco;
1 litro de água;
1 pote de vidro transparente e com tampa impermeável (no nosso caso, usamos o baleiro, que tem uma tampa que veda bem e é um vidro grande o suficiente para o objetivo);
2 garrafas de 1 litro e meio, de vidro e transparentes, com rosca (em qualquer loja de quinquilharia no centro da cidade você encontra essas garrafas para licor).

Primeiro, você vai descascar os limões, de modo que só retire deles a fina casca amarela (não pode deixar nem um pedacinho da parte branca da casca, pois vai amargar o seu licor drasticamente). Coloque as cascas dentro do vidro de tampa impermeável, acrescente o álcool de cereais e deixe fechado por 3 semanas. De vez em quando, sacuda o vidro para ajudar no processo. Abaixo, os estágios da fusão (primeiro dia, duas semanas depois e no dia de coar o líquido):






Ao final desse prazo, coloque em uma panela o açúcar e a água e leve ao fogo brando, até que o açúcar derreta completamente (uma dica é deixar a água ferver um pouco depois que o açúcar derreter, para aumentar a acidez). Desligue o fogo, deixe esfriar. Coe a mistura que ficou descansando no pote de vidro, de modo a descartar as cascas. Junte o líquido à mistura com açúcar. Encha os vidros transparentes com o líquido. Eles devem ser mantidos no congelador, pois esta bebida é servida bem gelada.


A todos, tim-tim!

2 comentários:

Ezilda Cláudia de Mélo disse...

E haja paciência. Deve ser uma gostosura?

Um de nós. disse...

Refrescante, acima de tudo! Ideal para a sobremesa, Zil. Beijos!