quinta-feira, 26 de maio de 2011

Pudim de leite



O sucesso do pudim de leite condensado é inquestionável. Aqui em casa, como todo mundo já sabe, doce é última alternativa. Muito embora frutas sejam sempre bem-vindas por aqui, uma ou outra vez eu arrisco e faço algum prato doce pra variar. Mas prefiro escolher as ocasiões em que vamos receber visita, porque assim eu sei que não corro o perigo de desperdiçar ingredientes. A única sobremesa, no entanto, em que me arrisco a fazer quando estamos só nós três em casa é o pudim de leite condensado. Todo mundo gosta e dia desses eu descobri um segredinho que faz toda a diferença. A receita que vou postar é a da Jô, empregada doméstica dos meus pais. Ela está há alguns anos com eles e é uma companhia para minha mãe - agora uma senhora aposentada - quando meu pai está no trabalho. Também é ela que entende e sabe lidar com as peraltices do meu sobrinho e quando minha irmã fica sem babá (quase sempre) na casa dela, é a Jô que corre pra apagar o incêndio. Quando fui visitá-los, há dois meses, experimentei o pudim dela e depois a fiz repetir a receita pra eu aprender direitinho.

Os ingredientes são os mesmos: 1 lata de leite condensado de boa qualidade; a mesma medida de leite de vaca integral; 4 ovos - mas aqui vai o primeiro truque: usa-se apenas as gemas! Bate no liquidificador. Em uma forma própria para pudim, derrete o açúcar com a água, até fazer aquela calda clássica. Despeja o líquido batido e leva ao forno em banho-maria por 45 minutos. Segundo segredinho: cubra a forma com papel alumínio, para que o pudim não fique com aqueles furinhos. Desligue o forno, espere esfriar, desenforme e leve à geladeira para servir gelado.

A todos, bon appétit!

Nenhum comentário: