sábado, 7 de maio de 2011

Batatas al murro

Dizem que as batatas al murro nasceram na culinária portuguesa, o que deve ser verdade, já que portugueses e batatas têm tudo a ver!
A primeira vez que comi as papas al murro, no entanto, foi num restaurante maravilhoso de Buenos Aires, o Olsen (já falei dele aqui, em algum lugar).
Hoje eu testei duas receitas dessas batatas e vou passar aqui pra vocês. A primeira delas foi enviada pela cunhada e é um tanto diferente da que eu conhecia. Aqui vão os dois modos de fazer, como uma dica pra um jantar naqueles dias que você mal comeu qualquer coisa (é rápido e prático, com ingredientes que estão sempre à mão):

1. Receita da cunhada

Cozinhe 5 batatas grandes (a maior que tiver) na água com sal, retire a casca e aguarde esfriar um pouco. Em seguida, amasse levemente com a mão, como se tivesse dado um murro. Cuidado pro murro não ser muito forte. A ideia é rachá-la levemente. Coloque por cima de cada uma: 1 colher de sobremesa de requeijão, bacon em cubinhos, 1 pouquinho de manteiga, 1 colher de creme de leite e queijo parmesão ralado na hora. Asse no forno baixo por 15 minutos e salpique salsa. Sirva em seguida.


2. Como eu conhecia

O procedimento é o mesmo (alguns não tiram a casca). Então, numa forma, coloca-se as batatas, pincela com manteiga e salpica alecrim. Cobre a forma com papel alumínio e leva ao forno alto por 20 minutos. Em seguida, retira e rega com azeite. Aqui, você encontra um vídeo bem educativo para ajudá-lo!

A todos, bon appétit!

Nenhum comentário: