sexta-feira, 22 de abril de 2011

Truta da Paixão


Eu venho de uma família católica, daquelas que não comem carne na Semana Santa desde a quarta-feira de trevas! Aqui em casa, mesmo por não seguir o Catolicismo, já quebrei a regra faz tempo, mas a sexta da Paixão ainda não me liberou... e nunca consegui comer carne vermelha nesse dia! Fosse por J., se fazia um churrasco. A filha, desligada como só ela, nem ia lembrar... mas eu não esqueço! Coisa de criança. Não acredito em pecado, nem em céu ou inferno depois que morremos. É tudo idílico demais. Céu e inferno a gente vive aqui, com as escolhas que fazemos. Pecado é passar por cima dos próprios princípios. E não é Deus quem julga nossos pecados. É nossa consciência. Aquilo que não nos deixa dormir. Falar mal dos outros, não respeitar o limite dos outros, roubar, matar, trair. Isso é pecado que a consciência julga. Eu não sou falsa e o que eu penso sobre atitudes e pessoas, blá... eu falo! Muitos falam mal de mim por isso. Poucos me admiram por isso. Mas não sei mandar recado nem fazer cara de santa! Não creio em santos. Eu creio em Deus. E Ele não tem dedo apontando pra mim. Ele é doce e leve. Ele é o meu estado de graça quando estou feliz. Eu não costumo pedir a Deus que resolva meus problemas. Eu apenas agradeço a Ele por ter o que tenho e por ser quem eu sou. O resto é força, é coragem, é caminho.


E pra terminar o papo e deixar claro que comer carne vermelha na Semana Santa pode nem ser pecado pra todo mundo, mas é coisa que a consciência nossa julga por questões adversas, vai aqui minha receita de truta salmonada na manteiga, com alcaparras e castanha de caju. A truta, quem me vendeu disse que ela veio da Serra catarinense. Eu só havia comido truta salmonada vinda do Chile... então estou feliz dessa ter sido nacional!

A receita:

1 filé de truta (salmonada ou não);
150 g de castanha de caju;
2 colheres de alcaparras;
1/2 tablete de manteiga cortada em cubos;
pimenta-do-reino;
sal.

Coloque a truta numa forma, pincele azeite, tempere com sal e pimenta-do-reino. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 20 minutos.
Retire do forno, jogue cubinhos de manteiga com as alcaparras e a castanha de caju triturada por cima do filé. Retorne ao forno para gratinar. Retire do forno e salpique coentro e cebolinha picados. Sirva com arroz ou batata sauté.

A todos, bon appétit!

Um comentário:

Ana Cecília Paes disse...

Realmente unir gastronomia com ética dá uma coisa linda e saborosa como o seu blog!1 Adorei o post e Boa Páscoa! bjs