quarta-feira, 13 de abril de 2011

Pastel do Mané

Hoje fui ao centro da Ilha. Coisa rara. Mas precisava resolver pendências do dia a dia, então melhor não adiar, embora preferisse evitar a agitação (principalmente do trânsito). É aquela história: morar numa parte da cidade tranquila como a minha, com tudo perto de casa, inclusive o sossego, a gente termina adiando o quanto pode a passagem pelo centro, os ambulantes vendedores de ouro, de pipoca com bacon, de tickets... mas não dá pra ir até lá e não passar pelo Mercado Público! Ali sim, vale a ida!
Foto do Mercado Público de Florianópolis, by Paulo Roberto Witosl, retirada daqui!

Foi assim que esse post começou. Enquanto passeava pelos peixes no mercado, lembrei de um dos petiscos mais pedidos em Floripa e resolvi testar em casa: pastel de berbigão! Vamos começar pelo recheio do pastel, porque ele precisa esfriar, para não amolecer a massa:

Ingredientes para o recheio:


500g de berbigão;
1 cebola grande muito bem picadinha;
2 tomates maduros picados;
2 dentes de alho picados;
coentro a gosto;
alho-poró a gosto;
sal;
pimenta-do-reino;
1 pão picado;
água fervente;
azeite.

Em uma panela, esquente o azeite e coloque os berbigões. Deixe refogar. Junte a cebola e, pouco depois, o alho. Em seguida, os tomates, o alho-poró, o sal e a pimenta-do-reino. Refogue mais. Sempre em fogo brando (berbigões ficam duros muito rápido, então cuidado com o tempo e a altura do fogo, para deixá-los com textura macia). Coloque o pão picado e um pouco de água fervente para amolecer o pão mais rápido. deixe por mais 5 ou 7 minutos e desligue. Jogue o coentro por cima e misture delicadamente. Espere esfriar.
Se você for empolgado como eu, siga a receita da massa. Se não, vá ao supermercado mais próximo e compre aquelas prontas.

Massa do pastel

1kg de farinha de trigo;
75g de manteiga;
2 ovos;
2 colheres (sopa) de cachaça;
300ml de água;Link2 colheres (sopa) de sal;
Coloque tudo no processador e pulse umas 4 ou 5 vezes. Está pronto. Retire do recipiente, veja se não está grudando nas mãos (não é para estar. Se estiver, coloque um pouco de farinha de trigo pela superfície apenas, sem trabalhar mais a massa).
Abra como o rolo de macarrão ou cilindro, numa espessura fina. Coloque numa assadeira polvilhada com farinha de trigo e cubra com papel filme. Leve à geladeira por 2 horas. Depois, corte e recheie, fritando em óleo bem quente e deixando bem sequinho para não ficar enjoativo.

Aliás, eu aprendi a mexer em óleo quente e deixar as frituras sem aquele aspecto gorduroso, com ela! Assistam ao programa dela, no Discovery Travel & Living, é muito bom!

RENDIMENTO: 35 médios ou 50 pequenos.

Daí, dá pra bincar e fazer a mesma receita com camarões ou siri. Fazer pastéis menores (do tamanho "aperitivo") e servir para os amigos do marido numa tarde de cerveja gelada também é uma boa recomendação. Aqui em casa, foi mesmo nosso jantar bem cedo da noite, que a filha tem dormido antes das 21h nessas semanas de maratona de provas e trabalhos na escola...

Em tempo: uma dica para cortar a massa em círculos, se você não tem o cortador (como eu) é usar a tampa de uma panela (a menor que você tiver).

A todos, bon appétit!

Nenhum comentário: