sexta-feira, 22 de abril de 2011

Cucas...


* Do Pequeno Dicionário de Gastronomia, de Maria Lucia Gomensoro:
"A cuca é um bolo de origem alemã, muito usado no Sul do Brasil. É preparado com uma massa fermentada de pão e com cobertura de farofa crocante. Geralmente servido no café da manhã, no chá ou no café colonial".

Olha, mesmo tendo aos montes por aqui, é difícil achar uma cuca realmente saborosa, de massa fina, de cobertura aromática e sem aquele aspecto "ressecado de padaria". Nem a cuca do famoso Café Glória, em Blumenau, corresponde à expectativa. Lá, eu recomendo mesmo, de olhos fechados, as cucas da Dona Hilda, uma confeitaria um pouquinho afastada do centro da cidade, que fabrica (ali sim!) deliciosas cucas. Há uma padaria famosa na cidade também, mas um dia comi a cuca de lá e estava ressecada, azar o meu - e o deles, que nunca mais voltei pra comprar! Aqui em Floripa é ainda mais complicado: nunca comi uma que valesse o dinheiro.
Agora, quer saber onde fica o paraíso das cucas? Serra gaúcha! Gramado e Canela! Hum, cada uma!!!!! Em julho, estamos indo de novo pra lá e mal posso esperar pelo chá com um pedaço de cuca, no final da tarde! Tem também o apfelstrudel, que é um dos doces preferidos de J., mas esse eu, que não sou dada à arte do açúcar, não me meto a fazer de jeito nenhum! Complicaaaaaado! É o típico doce que vale o que cobram pra fazê-lo!
E, quando eu estava procurando a receita da torta de maçãs, a Taís me mandou sua receita de cuca. Pra quem não sabe, a Taís é professora de panificação em Blumenau e me mandou uma receitinha muito boa mesmo de cuca, com uma massa que fica do jeitinho que eu gosto. O mais difícil da receita dela eu já fiz: diminuir a quantidade dos ingredientes, para adaptá-la à produção caseira. A receita dela era para 4 formas de 20 X 25cm. Reduzi para uma forma apenas e aí vai (aqui, você encontra a tabela de equivalência de pesos e medidas, para trocar gramas por xícaras ou colheres, lembrando que cada ovo tem 50 gramas):

Cuca


Massa (para uma forma de 20 X 25cm):
250g de farinha de trigo;
100g de açúcar;
150 ml de água morna;
50 g de ovo;
60 g de manteiga sem sal;
5 g de fermento biológico instantâneo.

Numa tigela, coloque o fermento e a água para dissolver. Adicione aos poucos os demais ingredientes, mexendo sempre (eu bati tudo na batedeira mesmo e pronto, deu certinho). A massa deve ficar com uma consistência mole.


Eu prefiro as cucas com nata, então é assim: depois que você colocar a massa na forma untada, escolha a fruta que vai fazer a próxima camada (pode ser uva, banana, abacaxi... a minha foi maçã). Fatie a fruta, cubra a massa com as fatias e, na batedeira, bata nata com um pouco de açúcar e despeje por cima. Polvilhe com canela a gosto. Leve ao forno por até 25 minutos, a 180°C. Agora, se você gosta de cuca com farofa (a tradicional), aí vai a receitinha da farofa:

100g de açúcar;
80 g de farinha de trigo;
50 g de manteiga sem sal;
canela a gosto.

Misture tudo e jogue por cima da fruta.

A todos, bon appétit!


Um comentário:

Sua Empresa de Alimentos disse...

Você fez caprichado! Fiquei com vontade! Beijos