quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Etelvina

Faz tempo que estou para contar-lhes a história desta personagem aí ao lado... a nossa Etelvina!

Estávamos passeando por Palermo Soho, ainda em abril, quando deparei-me com a vitrine de uma lojinha bem no tipinho Imaginarium... e lá estava ela: a Etelvina! É óbvio que foi amor à primeira vista! O mais engraçado é que na caixinha da Tetê vinha descrita toda a historinha dela: Etelvina era uma galinha sonhadora. Sonhava em voar alto. Como nunca conseguia, um dia resolveu encher dois sacos plásticos e pular de um prédio alto. Como os sacos não eram suficientes para manter Etelvina voando, ela despencou no chão e perdeu a vida! Sendo assim, em homenagem à pobre galinha, Etelvina virou um puxa-sacos de grande utilidade para enfeitar a cozinha!

Agora, qualquer semelhança com o tal padre baloeiro do PR é mera coincidência! Etelvina não participava de nenhum grupo de apoio aos caminhoneiros em serviço... que fique claro!

Besos!

Nenhum comentário: