sábado, 20 de setembro de 2008

Matambre de cordeiro recheado ao molho de hortelã, mel e aceto balsâmico



Você vai precisar de:
1 kg e meio de matambre de cordeiro desossado e recheado com queijo, bacon, cenoura, cebola e salsinha (amarrado com barbante para que não abra no cozimento) - é importante que você o enrole no modelo de um rocambole, com a gordura para fora (isto facilita o cozimento);
4 batatas do tipo asterix cozidas inteiras, sem casca;
cebola;
alho;
orégano fresco;
vinho tinto;
pimenta do reino;
azeite.

Na hora de fazer, escolha uma assadeira antiaderente, coloque o matambre recheado, moa a pimenta sobre ele, pincele azeite e cubra muito bem com uma folha de alumínio. Vai ao forno a 220ºC, por 1 hora e meia. Após este tempo, retire o papel e deixe 15 min no forno naquela temperatura e mais 45 min a 180ºC (a proporção é de 15 min de cozimento para cada meio kg de carne, nesta etapa). Quando a carne estiver pronta, coloque-a num recipiente à parte e aproveite e assadeira do cozimento para preparar as batatas: primeiro, descarte a gordura e, sobre o fogão, deglace o fundo da assadeira com o vinho tinto, jogue cebola picadinha, um dente de alho picadinho, pegue as batatas cozidas e corte-as de forma irregular. Jogue-as, em seguida, nesta assadeira e vá mexendo, esperando engrossar a mistura e, para finalizar jogue umas folhinhas de orégano fresco.

Para o molho de hortelã:
azeite de oliva;
hortelã;
mel;
aceto balsâmico.

Soque um pouco de cada ingrediente no pilão até que a hortelã solte todo o sumo. Vá corrigindo o doce e o azedo, conforme seu paladar.


Fatie a carne, coloque um pouco do molho sobre ela e a batata como acompanhamento... aqui em casa, a harmonização com o Lote 43, safra 2002 (que, há uns meses ainda estava muito adstringente e agora parece ter alcançado um tom menor de rusticidade e a cor atijolada já aponta para a evolução) parece ter sido perfeita, pela acidez correta que contrabalanceou a untuosidade do cordeiro.

A todos, bon appétit!

Nenhum comentário: